Covid-19: Máscara na rua pode acabar esta semana em Portugal com avanço da vacinação

Serviços públicos deixam de funcionar por marcação

Máscara
Máscara
Portugal está perto de ter 70% da população com vacinação completa, altura em que o País deverá avançar para a segunda fase do plano de "libertação" da sociedade e da economia, na qual se prevê que o uso de máscara na rua deixe de ser obrigatório.

De acordo com o mais recente relatório de vacinação da Direcção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta terça-feira, cerca de 66% da população portuguesa está já totalmente imunizada contra a Covid-19 (ou seja, 6 760 777 pessoas têm as duas doses da vacina contra o Sars-CoV-2).

Quando contabilizados aqueles que têm, pelo menos, uma dose, a percentagem sobe para 76% – o que equivale a 7 791 486 indivíduos. Assim sendo, e de acordo com o plano previamente estabelecido, o uso obrigatório de máscara na via pública deverá deixar de vigorar.

Outras medidas previstas no plano de "libertação" são o aumento da lotação em casamentos, batizados e espetáculos culturais (que passa a ser de 75%); a circulação nos transportes públicos sem limite de lotação; e a abertura dos serviços públicos, que deixam de funcionar por marcação prévia.
Por Correio da Manhã
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Ministro Eduardo Cabrita demite-se

Decisão surge depois do Ministério Público acusar o motorista do ministro de homicídio negligente no acidente que matou um homem na A6

Notícias