Depósitos acima de 100 mil euros aumentam e superam os 50 mil milhões

Subida pelo terceiro ano consecutivo

No final do ano passado havia 51.676 milhões de euros em depósitos que não eram cobertos pelo Fundo de Garantia de Depósitos, o que corresponde a uma subida acima de 7% em comparação com o ano anterior, avança o 'Público'. Em causa estão os depósitos cujo valor supera os 100 mil euros.

O relatório e contas da FGD, relativo a 2018 e disponibilizado em junho, mostra que o ano passado foi o terceiro ano consecutivo de crescimento destes depósitos sem garantia. É preciso recuar a 2015, ano ainda marcado pela queda do BES no verão de 2014, pela intervenção da troika em Portugal e pela crise do euro, para haver o registo de uma quebra.

O montante total dos depósitos que não são garantidos por se situarem acima dos 100.000 euros, avançou 39%. É esta fatia de depósitos que, em caso de uma resolução de um banco, não será garantida pela Fundo e é chemada a participar no resgate da instituição financeira.

Contactada pelo Público, a FGC não respondeu, nem a Associação Portuguesa de Bancos.

De notar ainda que o valor dos depósitos sem garantia subiu a par do valor global dos depósitos. Aqueles que são elegíveis, e que portanto excluem depósitos de instituições financeiras, seguradoras ou fundos de pensões, aumentaram 3,6% para os 184.557 milhões. Os depósitos acima de 100 mil euros subiram 6,9% para os 76.591 milhões de euros.

A legislação que enquadra estes depósitos foi renovada este ano, de forma a fazer "uma clara distinção entre depósitos e outros instrumentos financeiros em processos de insolvência de um banco", diz o Ministério das Finanças. Houve uma reeordenação hierárquica, com os detentores de dívida sénior a poderem ser chamados antes dos grandes depósitos e logo após os acionistas.

Por Negócios
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.