Record

Detenção da CFO da Huawei pelos EUA ameaça tréguas com China

Este novo factor de incerteza surge horas após Trump se ter declarado um "homem de tarifas" no Twitter

Wanzhou Meng huawei
Wanzhou Meng huawei

A responsável financeira da chinesa Huawei, Wanzhou Meng, foi detida no Canadá por suspeitas de violação das sanções impostas pelos Estados Unidos ao Irão.

A detenção da alta responsável da firma chinesa acontece numa altura crítica para as tréguas entre EUA e China, após ambas as nações terem acordado a suspensão das tarifas de parte a parte por um período de 90 dias, durante o qual vão tentar fechar um acordo comercial.

Este novo factor de incerteza surge horas após Trump se ter declarado um "homem de tarifas" no Twitter, ameaçando continuar o caminho de penalizações à China caso não se chegue a acordo.  

Wanzhou, que também é filha do fundador da Huawei, enfrenta agora a extradição do Canadá para os Estados Unidos, onde deverá ser ouvida esta sexta-feira. Foi detida no dia 1 de Dezembro na sequência de uma investigação lançada pelo Departamento de Justiça Americano, a qual decorria desde Abril. A investigação pretendia averiguar se a Huawei se encontrava a vender equipamentos ao Irão apesar das restrições que Washington impôs sobre as exportações para o país oriental.

Do lado da China, os protestos ecoaram a partir da embaixada no Canadá, que considerou a detenção da CFO da Huawei uma violação dos direitos dos seus cidadãos. Simultaneamente, a embaixada apelou a que o Governo americano "rectificasse as irregularidades imediatamente" e que devolvesse a liberdade a Wanzhou.

A Huawei diz possuir "muito pouca informação" acerca das acusações imputadas a Wanzhou, ressalvando contudo que a empresa "cumpre com todas as leis que lhe são aplicáveis nos territórios onde opera, incluindo o controlo de exportações e a regulação de sanções das Nações Unidas, Dos EUA e da União Europeia". A fabricante de equipamento para telecomunicações diz possuir "muito pouca informação" acerca das acusações engrentadas por Wanzhou.

Autor: Negócios

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias