Record

Detida atriz pornográfica que se terá envolvido com Trump

Stormy Daniels foi presa por deixar que um cliente a tocasse durante uma performance de strip

• Foto: Reuters
Foi detida esta quinta-feira a atriz pornográfica Stormy Daniels, que alega ter tido um caso em 2006 com o presidente dos EUA, Donald Trump, cujo advogado terá pago o silêncio à norte-americana. De acordo com a CNN, Daniels foi presa enquanto fazia um espectáculo num clube de strip e em Ohio. A razão da detenção? Segundo o advogado da atriz pornográfica, Daniels terá deixado um cliente a tocasse durante a performance. 

"Ela foi detida por alegadamente deixar um cliente tocá-la (de uma maneira não-sexual) enquanto estava em palco! Estão a brincar comigo?", disse Michael Avenatti. "Estão a usar recursos policiais para isto? Deveria haver prioridades maiores", continuou. A atriz foi detida devido à lei do Estado de Ohio: um profissional que apareça nu com regularidade, num negócio sexualmente orientado, não tem permissão de tocar num cliente ou alguém com quem não tenha grau parentesco. 


Avenatti disse ainda que Daniels, cujo nome verdadeiro é Stephanie Clifford, foi detida por dar um "espectáculo que já fez em centenas de strip clubs dos Estados Unidos". "Isto foi uma detenção politicamente motivada", concretiza. 

Recorde-se que a estrela pornográfica e Donald Trump enfrentam-se num processo judicial desde que, no princípio do ano, foi publicado na imprensa que Cohen fez um pagamento à actriz antes das presidenciais norte-americanas em 2016. A ex-actriz diz que teve um affair com o magnata, entre 2006 e 2007, e que o advogado do presidente dos Estados Unidos lhe terá dado dinheiro para não o revelar. No início de 2018, Stormy Daniels, nome artístico de Stephanie Gregory Clifford, 39 anos, recorreu aos tribunais para renunciar ao pacto, um litígio judicial que ainda não foi resolvido.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias