Duas pessoas assistidas pelo INEM devido ao incêndio em Lisboa

Estavam no interior do armazém e inalaram fumo, mas encontram-se "bem de saúde" e fora de perigo

Duas pessoas estão a ser assistidas pelo INEM devido a inalação de fumo na sequência do incêndio que deflagrou esta segunda-feira ao final da tarde numa loja de produtos chineses nos Olivais, em Lisboa, segundo fonte da Proteção Civil.

A mesma fonte da Proteção Civil, no local, explicou que estas duas pessoas estavam no interior do armazém e inalaram fumo, mas que se encontram "bem de saúde" e fora de perigo.

As autoridades estão a pedir às pessoas que retirem as viaturas que estão estacionadas nas imediações do armazém e a Polícia Municipal já está a rebocar alguns carros, como a Lusa presenciou no local.

Fonte da PSP disse à Lusa que não há ninguém dentro do armazém, que tem dois pisos e um terraço e é isolado dos edifícios de habitação em redor, que, no entanto, estão próximos. As autoridades estão a retirar pessoas dos edifícios contíguos devido ao fumo intenso provocado pelo incêndio.

Junto ao local estão cerca de duas dezenas de cidadãos chineses a assistir ao combate às chamas.

No combate estão operacionais do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa e de várias corporações, entre elas do Beato, Penha de França e Cabo Ruivo, bem como do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e da Polícia. Segundo o site Autoridade Nacional da Proteção Civil, no local estão 53 operacionais e 20 viaturas.

Este incêndio urbano está a consumir um "edifício comercial" desde as 18:15, na Avenida de Berlim, em Lisboa, disse à agência Lusa fonte do Regimento de Sapadores Bombeiros (RSB) de Lisboa.

Para o local, o INEM enviou a Viatura Médica de Emergência e Reanimação, do Hospital de São José, um motociclo de emergência e duas ambulâncias.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.