EDP "rejeita qualquer hipótese de negligência" nos incêndios de outubro

Relatório da comissão técnica independente sobre os fogos do outono aponta dedo à companhia

A EDP Distribuição veio a público rejeitar ser responsável pelo início dos fogos que tiveram lugar durante o mês de outubro.

"A EDP Distribuição rejeita qualquer hipótese de negligência nos incêndios de outubro", reagiu a empresa em comunicado divulgado esta quarta-feira.

O relatório da Comissão Técnica Independente apontou que a causa do fogo de 15 de outubro na Lousã teve como ponto de origem as linhas eléctricas.

"A ignição com origem nas linhas eléctricas, neste caso particular em que terá sido provocada por queda de árvore sobre uma linha de média tensão, pode resultar do não cumprimento do regulamento de segurança das linhas eléctricas pela entidade gestora, a EDP", refere o relatório da Comissão Técnica Independente entregue esta terça-feira.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias