Estado Islâmico reivindica atentado em Manchester

Ataque provocou a morte de 22 pessoas e fez 59 feridos

• Foto: EPA

O grupo extremista Estado Islâmico EI) reivindicou esta terça-feira em comunicado o atentado que provocou a morte de 22 pessoas e fez 59 feridos no final de um concerto na noite de segunda-feira em Manchester.

O comunicado, divulgado pela agência de propaganda do Estado Islâmico (Amaq) e através dos seus canais de comunicação nas redes sociais, precisa que "soldados do califado colocaram uma bomba entre a multidão" depois de um concerto, e ameaça a realização de outros atentados.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.