Ex-jogador planeou ataque a base militar

Nizar Trabelsi cumpre prisão perpétua

Numa altura em que o terrorismo está na ordem do dia, a história de Nizar Trabelsi é exposta pela "Marca".

Aparentemente desconhecido, Trabelsi é um antigo médio tunisino, agora com 45 anos, que virou terrorista... quando chegou à Europa. Para se perceber o grau de envolvimento do ex-jogador na Al Qaeda – afirmava que Bin Laden era como um pai –, Trabelsi planeou um atentado suicida na base militar de Kleine-Brogel, na Bélgica. Só não o fez porque foi capturado a 13 de setembro de 2001, dois dias depois do ataque às Torres Gémeas, e condenado a 10 anos de prisão. No entanto, foi extraditado para os EUA e cumpre prisão perpétua.

Nizar chegou à Alemanha para representar o Fortuna Dusseldorf, na Bundesliga, em 1989/90, mas perdeu-se entre álcool e drogas, acabando por conhecer membros da Al Qaeda e envolver-se na organização terrorista.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.