Ex-selecionador espanhol de atletismo detido por alegados abusos sexuais

Miguel Ángel Millán deverá ser ouvido ainda esta quinta-feira

O treinador de atletismo espanhol Miguel Ángel Millán Sagrera, ex-selecionador nacional de provas combinadas, foi detido pela polícia, em Tenerife, por alegados abusos sexuais sobre uma atleta menor, noticiou esta quinta-feira a agência EFE, citando fontes oficiais. A notícia está a ter grande impacto em toda a imprensa espanhola.

Millán Sagrera está sob custódia e deverá ser ouvido ainda hoje por um juiz, mas um porta-voz da polícia nacional confirmou apenas a prisão sob a acusação de abuso sexual, recusando-se a revelar mais detalhes porque o caso está em segredo de justiça.

No entanto, o Diário de Avisos informou que cinco atletas declararam sob juramento que foram vítimas de abusos sexuais por Millán Sagrera.

O ex-treinador foi detido na sequência da denúncia de um dos seus alunos, vítima entre 2011 e 2012, na altura com 14 e 15 anos.

Até à sua reforma, Millán Sagrera, que negou as acusações, foi considerado um dos mais prestigiados treinadores de atletismo espanhóis.

Millán Sagrera treinou o ex-atleta António Peñalver, que conquistou a medalha de prata do decatlo nos Jogos Olímpicos de Barcelona em 1992.
Por Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias