"Ficámos retidos dentro do avião": português em voo da TAP viajou com mulher suspeita de ter coronavírus

Mário Silva relata à CMTV os momentos de pânico

Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto
Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto

Um passageiro português que se encontrava a bordo de um voo da TAP, proveniente de Milão, em Itália, e com destino ao Porto, revelou à CMTV os momentos de pânico vividos dentro da aeronave que transporava uma mulher com suspeitas de coronavírus.

"Vinha no avião de Milão para o Porto e, quando chegámos ao aeroporto Francisco Sá Carneiro, a tripulação mandou-nos ficar sentados dentro do avião porque havia um passageiro suspeito de ser portador do vírus", começa por dizer Mário Silva.

Segundo o relato do português, os médicos entraram pela parte de trás da aeronave. "Ficaram retidas dentro do avião as cinco filas [de passageiros] onde se encontrava o passageiro suspeito. Os restantes passageiros, como eu, puderam sair", acrescenta.

De acordo com a testemunha, as suspeitas recaíam sobre "uma senhora, de meia idade", cuja nacionalidade não ficou esclarecida.

A CMTV pediu esclarecimentos sobre o caso suspeito à companhia aérea portuguesa, mas não obteve informações.

A Direção-Geral de Saúde não confirmou, no entanto, que este caso suspeito de coronavírus a bordo seja o mesmo caso que deu entrada ao início desta tarde, no Centro Hospitalar de São João no Porto.

Por Correio da Manhã
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.