Filho de Bolsonaro chama deputadas de "pessoas portadoras de vagina"

"Parece, mas não é a gaiola das loucas", disse Eduardo Bolsonaro

Deputado brasileiro Eduardo Bolsonaro
Deputado brasileiro Eduardo Bolsonaro
Deputado brasileiro Eduardo Bolsonaro
Deputado brasileiro Eduardo Bolsonaro
Deputado brasileiro Eduardo Bolsonaro
Deputado brasileiro Eduardo Bolsonaro

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, um dos filhos do Presidente brasileiro, referiu-se às mulheres que integram a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) como "pessoas portadoras de vagina", com uma das deputadas a avançar com uma queixa.

"Parece, mas não é a gaiola das loucas, são só as pessoas portadoras de vagina na CCJ sendo levadas a loucuras pelas verdades ditas pelo deputado Eder Mauro", escreveu Eduardo Bolsonaro na rede social Twitter.

O filho do presidente acompanhou a sua mensagem com um vídeo mostrando o congressista Eder Mauro Cardoso, a chamar em voz alta de comunistas algumas deputadas da oposição ao Governo de Bolsonaro e a acusar as parlamentares de "implementarem sexo nas escolas para crianças de cinco e seis anos".

Por Correio da Manhã
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.