Funcionária de escola desvia meio milhão de impostos sobre salários

Crime foi descoberto numa auditoria da Inspeção-Geral da Educação e Ciência, no final do ano passado, e está a ser investigado pela PJ

PJ, Polícia Judiciária, costas, xxx
PJ, Polícia Judiciária, costas, xxx

Funcionária do Agrupamento de Escolas de São Lourenço, em Ermesinde, Valongo, é suspeita de se ter apoderado de cerca de meio milhão de euros através de um esquema assente nas retenções obrigatórias dos salários de professores e funcionários. A Polícia Judiciária já está a investigar o caso, informa o Jornal de Notícias.

Por Sábado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.