Futebolista turco absolvido após ser acusado de propaganda pró-curda

Estava suspenso desde fevereiro

• Foto: EPA

Um futebolista turco suspenso pela federação do seu país, desde fevereiro, por "propaganda ideológica" pró-curda, foi esta terça-feira absolvido por um tribunal de Diyarbakir.

Deniz Naki, que alinha no Amedspor, da terceira divisão, tinha sido suspenso em fevereiro e punido com uma multa de 19.500 liras turcas (cerca de 6.200 euros).

O futebolista foi suspenso por apelar, em declarações a um jornal pró-curdo, ao fim da violência nos combates que opõem as forças de segurança turcas aos rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

A absolvição do jogador, que por ter nascido na Alemanha também tem nacionalidade germânica, ocorre dias depois da detenção preventiva de dois líderes do principal partido pró-curdo na Turquia.

Desde 1984, os confrontos entre curdos e o governo conservador turco já causaram mais de 40 mil mortos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.