Galp multada em 80 mil euros em Espanha por manipulação do mercado de gás

Regulador realça que "provou que a Galp Gas Natural levou a cabo uma série de comportamentos anómalos"

A Comissão Nacional dos Mercados e da Concorrência (CNMC) multou a "Galp Gas Natural em 80 mil euros por manipulação do mercado organizado do gás", revela o regulador através de comunicado.

"A CNMC sancionou a Galp Gas Natural com uma multa de 80 mil euros por uma infracção grave" de "manipulação do mercado de gás", revela a mesma fonte.

O regulador realça que "provou que a Galp Gas Natural levou a cabo uma série de comportamentos anómalos no dia 17 de Janeiro de 2017" na negociação do produto. Em causa está a negociação naquele dia específico do produto Diario D+1.

"A empresa estava disposta a comprar o gás, com entre a 18 de Janeiro de 2017, 7% mais caro do que o preço a que tinha vendido apenas minutos antes", explica o comunicado, que adianta que esta prática "tinha o objectivo de fixar o preço final diário do produto num nível artificialmente alto, através de transacções com o volume mínimo permitido."

A Concorrência explica ainda que a operação foi realizada "apenas 3 segundos antes do fecho da negociação do mercado, definindo um preço do produto Diario D+1 que se situou acima do resto dos preços de referência do mercado para esse produto."

"Depois da análise destes e outros elementos, a CNMC concluiu que a Galp Gas Natural, com o seu comportamento, fez uma prática de manipulação do mercado ao fixar o último preço diário, num nível artificial."

O regulador aplicou assim "uma sanção de 100 mil euros à empresa", tendo "a quantia da multa sido reduzida em 20%." 

Autor: Negócios

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.