Gostava de trabalhar com a rainha Isabel II? Monarca procura gestor de redes sociais

Oferta feita no LinkedIn já conta com mais de 200 candidaturas

Rainha Isabel II
Rainha Isabel II
Rainha Isabel II
Oferta feita no LinkedIn já conta com mais de 200 candidaturas
Rainha Isabel II
Rainha Isabel II
Rainha Isabel II
Oferta feita no LinkedIn já conta com mais de 200 candidaturas
Rainha Isabel II
Rainha Isabel II
Rainha Isabel II
Oferta feita no LinkedIn já conta com mais de 200 candidaturas

E se lhe dissermos que pode vir a trabalhar com a rainha Isabel II? É verdade. A monarca britânica está à procura de um gestor de redes sociais e o Palácio de Buckingham, em Londres, já anunciou que está a recrutar no LinkedIn.

Acedendo ao anúncio na plataforma de networking, é possível verificar que o mesmo foi colocado há dois dias, no passado dia 12 de dezembro. Este recrutamento tem como objetivo manter sempre ativa a comunicação da família real "e encontrar novas maneiras de manter a presença da rainha no olhar do público e no palco do Mundo", pode ler-se na descrição da oferta de emprego.

A oferta apelativa, com um salário entre os 53 e os 59 mil euros por ano, já conta com mais de 200 candidaturas. Podem candidatar-se às entrevistas todos aqueles que, atualmente, vivam fora do Reino Unido.

De acordo com a descrição da oferta de emprego, "o papel da comunicação real é manter um contacto com uma audiência a nível mundial. Ao juntar-se a esta equipa dinâmica, o desafio passará por liderar e desenvolver a nossa estratégia de comunicação digital, garantindo que fazemos o uso efetivo de uma gama de plataformas digitais a fim de concretizar esse objetivo".

O candidato selecionado tem que garantir que todos os canais digitais da realeza estão "constantemente" a gerar interesse e a atingir uma vasta audiência, "quer esteja a cobrir uma visita de Estado, uma cerimónia de entrega de prémios ou qualquer outro assunto da realeza".

O salário a atribuir vai ser definido tendo em conta a experiência do candidato selecionado. O escolhido, que pode ter a oportunidade de trabalhar ao lado da rainha Isabel II, terá de trabalhar 37 horas semanais, de segunda a sexta-feira.

As candidaturas ao cargo terminam no próximo dia 24 de dezembro.

Por Correio da Manhã
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.