Governo aprovou reforma da supervisão sem esperar pelo BCE

Desde 2017 que a reforma da supervisão financeira está a ser pensada

Ao fim de dois anos de debate sobre o tema, o Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira, 7 de março, a reforma da supervisão financeira. A decisão foi tomada sem esperar pelo parecer do Banco Central Europeu (BCE), que pediu um prazo alargado para responder, avança o 'Negócios'.

António Costa, primeiro-ministro, já tinha anunciado ontem que a reforma deveria ser aprovada na reunião de hoje. Em causa está um diploma que traz uma avalancha legislativa e que muda de forma profunda o enquadramento institucional das autoridades de supervisão financeira portuguesas – Banco de Portugal (BdP), Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) e Autoridade dos Seguros e Fundos de Pensões (ASF).

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0