Governo do Kosovo cai em plena crise do novo coronavírus

O governo de Albin Kurti não sobreviveu a uma moção de censura. Cai dois meses depois da eleição

Os deputados do Kosovo deitaram abaixo o governo do país ao votar a favor de uma moção de censura. A votação contra o primeiro-ministro Albin Kurti deixa o país em crise política, durante a pandemia do coronavírus. 

82 deputados votaram a favor da moção de censura, num parlamento que tem 120 lugares. A moção foi interposta pela Liga Democrática do Kosovo, o partido que formou coligação com o governo que está no poder há dois meses. 

A moção avançou depois de uma disputa sobre a declaração ou não do estado de emergência no Kosovo. O ministro do Interior, Agim Veliu, pertencia à Liga, e foi demitido. 

Devido à pandemia, as eleições nao se podem realizar. 

No Kosovo, registaram-se até agora 71 casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus. Até agora, morreu uma pessoa. 

Por Sábado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.