Governo quer aumentar Complemento Solidário para Idosos

Medida consta do despacho de nomeação da comissão de coordenação da Estratégia Nacional de Combate à Pobreza

reforma, reformado, idosos
reforma, reformado, idosos

O Governo quer ver o valor de referência do Complemento Solidário para Idosos (CSI) acima do limiar de pobreza, avança o Público. A medida, refere o jornal, consta do despacho de nomeação da comissão de coordenação da Estratégia Nacional de Combate à Pobreza. 

No despacho são referidos os princípios que o Governo quer ver incorporados, nomeadamente "a reposição do valor de referência do CSI acima do limiar de pobreza, de modo a reforçar a garantia da eficácia desta medida no combate à pobreza entre os idosos".

Esta prestação social beneficiava 165 mil idosos em novembro, na sua maioria mulheres que auferiram salários baixos e/ou tiveram carreiras contributivas curtas. Cada beneficiário de CSI recebe a diferença entre o seu rendimento anual e o valor de referência (5.258,63 euros). Ao subir o valor para o limiar da pobreza, aumentaria o número de idosos abrangidos, bem como a prestação recebida. 

Por Negócios
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.