Greve dos guardas prisionais adia audição de Armando Vara na Operação Marquês

Ex-ministro está a cumprir uma pena de cinco anos de prisão no Estabelecimento Prisional de Évora

O ex-ministro socialista Armando Vara, condenado no âmbito do processo Face Oculta e atualmente a cumprir pena de prisão, não vai ser ouvido esta terça-feira na fase de instrução da Operação Marquês.

A audição foi adiada devido a uma greve dos guardas prisionais, avança o jornal Público, citando fonte do Tribunal Central de Instrução Criminal.

A fase de instrução da Operação Marquês tem início esta segunda-feira e pretente determinar se o caso segue ou não para julgamento. 

Armando Vara está a cumprir uma pena de cinco anos de prisão no Estabelecimento Prisional de Évora.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.