Harry e Meghan: o "sim" dado numa cerimónia simples e apaixonada

Vestido da noiva foi criado pela estilista britânica Clare Waight Keller, directora artística da casa de alta-costura francesa Givenchy

• Foto: Reuters

Faltavam cerca de 20 minutos para as 13h00 quando o príncipe Harry e a actriz Meghan Markle disseram "sim" e se tornaram oficialmente marido e mulher. Minutos depois, os duques de Sussex saíram da capela para o desfile perante os fãs da monarquia e selaram o matrimónio com um beijo.

Numa cerimónia simples e onde os noivos trocaram vários sorrisos cúmplices e apaixonados, em que o momento mais emotivo foi a interpretação de Stand By Me pelo Kindgom Choir e Karen Gibson, o bispo norte-americano Michael Bruce Curry, primaz da Igreja Episcopal dos EUA, citou Martin Luther-King e recordou o "poder do amor". "Há poder no amor. O amor pode ajudar e curar o que mais nada pode. Há poder no amor para levantar e libertar quando nada mais pode", disse o bispo perante os noivos de mão dada.

A actriz norte-americana fez parte da sua marcha nupcial sozinha, como símbolo de emancipação feminina. A parte final do percurso foi feita de braço dado com o futuro sogro, o príncipe Carlos.

O vestido da noiva foi criado pela estilista britânica Clare Waight Keller, directora artística da casa de alta-costura francesa Givenchy. Meghan usou também uma tiara de diamantes, emprestada pela rainha Isabel II.Os noivos vão efectuar um desfile de 25 minutos pelos lugares mais emblemáticos da localidade. Depois, acompanharão os convidados num banquete no salão de São Jorge, usado para ceias de Estado. Posteriormente haverá uma segunda refeição para familiares e amigos íntimos em Frogmore House, uma casa de campo adjacente ao Castelo de Windsor, que terá como anfitrião o príncipe Carlos, pai de Harry e primeiro na linha de sucessão ao trono britânico.

Harry e Meghan: o lado desconhecido da futura duquesa de Sussex

O momento mais inesperado no bem encenado evento em que o príncipe Harry e a actriz norte-americana Meghan Markle apareceram juntos na segunda-feira, 27, horas depois de anunciado o seu noivado, foi a declaração que ele fez de amor à primeira vista.


Antes da cerimónia, a rainha Isabel II de Inglaterra concedeu o título de Duque de Sussex a Harry de GalesO príncipe, sexto na ordem de sucessão ao trono britânico, tornou-se igualmente conde de Dumbarton e barão de Kilkeel, títulos relativos à Escócia e à Irlanda do Norte, precisou a Casa Real.

"O príncipe Harry torna-se Sua Alteza Real o duque e de Sussex e Meghan Markle tornar-se-á pelo seu casamento Sua Alteza Real a duquesa de Sussex", precisou o Palácio, numa nota.

Este título é um dos poucos que ainda estava vago e a sua origem remonta a 1801, quando o então rei Jorge III (1738-1820) outorgou o ducado de Sussex a um dos seus 15 filhos.

Autor: C.A.C./Sábado

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias