Hungria aceita extensão do Mandado de Detenção Europeu de Rui Pinto

Colaborador do 'Football Leaks' pode agora ser acusado por factos apurados na investigação relacionada com Doyen e Sporting

• Foto: Getty Images

A Hungria aceitou o pedido do Ministério Público para o alargamento do Mandado de Detenção Europeu de Rui Pinto, podendo assim acusar o colaborador do 'Football Leaks' por factos apurados na investigação relacionada com Doyen e Sporting.

A informação consta numa nota publicada esta quinta-feira na página da Internet do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), depois de em julho deste ano o Ministério Público (MP) ter pedido a extensão do Mandado de Detenção Europeu (MDE).

"Esse pedido [do MP] teve resposta positiva das autoridades húngaras, as quais deram consentimento, a 13 de agosto de 2019, à extensão do MDE", refere a nota do DCIAP, acrescentado que o inquérito, dirigido pelo MP do DCIAP com a coadjuvação da Polícia Judiciária, encontra-se em investigação e está em segredo de justiça.

Por Lusa
39
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0