Incêndios: Mais de 900 operacionais em 44 fogos

Monchique e Arcos Valdevez são os maiores

• Foto: Lusa

Mais de 900 operacionais estavam às 13 horas deste domingo a combater 44 incêndios florestais em 11 distritos do país, estando empenhados 20 meios aéreos, segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

A Proteção Civil considera como "ocorrências importantes" dois incêndios que estão a lavrar desde sábado nos concelhos de Arcos de Valdevez (Viana do Castelo) e Monchique (Faro), sendo este último o que mobiliza o maior número de meios.

Segundo a ANPC, 363 operacionais, apoiados por 112 viaturas e oito meios aéreos, estão a combater o incêndio em mato e eucaliptal que deflagrou às 17H08 de sábado.

Com uma frente ativa, no fogo estão grupos de reforço de Évora, Beja, Lisboa e da região sul.

No concelho de Arcos de Valdevez, no Parque Natural Peneda Gerês, lavra desde as 18H43 de sábado um incêndio em mato, que às 13 horas de hoje tinha uma frente ativa, de acordo com a ANPC.

No local estão 76 operacionais e 24 veículos.

O comandante dos bombeiros voluntários de Ponte da Barca, Alexandre Vieira, disse à agência Lusa que os trabalhos estão "a correr bem, não há vento e não há casas em perigo", estando a arder floresta com eucalipto e mato.

O comandante estima que durante a tarde de hoje o incêndio esteja dominado, uma vez que está sob controlo.

A Proteção Civil destaca na página como "ocorrências importantes" os fogos com duração superior a três horas e com mais de 15 meios de proteção e socorro envolvidos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.