Irão detém várias pessoas por queda de avião ucraniano

Aparelho foi atingido por míssil. Morreram 176 pessoas

O Irão anunciou que algumas pessoas foram detidas pelo seu papel na queda do avião ucraniano junto a Teerão, em que morreram 176 pessoas. O porta-voz das autoridades, Gholamhossein Esmaili, anunciou as detenções.

O avião foi acidentalmente abatido por um míssil iraniano. Esmaili não deu mais detalhes acerca das detenções, indica a Reuters.

Esta terça-feira, o presidente do Irão Hassan Rouhani garantiu, na televisão, que todos os responsáveis pela queda do avião ucraniano serão responsabilizados e que o "evento trágico" será investigado em detalhe.

"Foi um erro imperdoável… Só uma pessoa não pode ser responsável pela queda do avião", afirmou Rouhani. "As forças armadas iranianas admitirem o seu erro foi um bom primeiro passo. Devemos assegurar às pessoas que não irá acontecer de novo."

Rouhani reforçou ainda que o governo iraniano era responsável perante o Irão e outras nações que "perderam vidas na queda do avião".

Por Sábado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.