José Veiga em prisão domiciliária

Medida de coação alterada

• Foto: Sérgio Lemos

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) alterou esta quarta-feira a medida de coação aplicada ao empresário de futebol José Veiga, em prisão preventiva desde fevereiro, decretando a prisão domiciliária com vigilância policial.

Segundo Rogério Alves, José Veiga, arguido no processo Rota do Atlântico, fica obrigado a permanecer na habitação com vigilância policial até que efetue o pagamento de uma caução de 1,2 milhões de euros.

A alteração da medida de coação resulta de um recurso apresentado no TRL pela defesa de José Veiga, que contestava o despacho do juiz Carlos Alexandre, do Tribunal Central de Instrução Criminal, que determinou a prisão preventiva do empresário.

 

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias