José Veiga fica em prisão preventiva

Paulo Santana Lopes em prisão domiciliária

Veiga
Veiga • Foto: Sérgio Lemos

O empresário José Veiga, detido desde quarta-feira por suspeita dos crimes de corrupção, tráfico de influências e participação em negócio, entre outros, irá ficar em prisão preventiva.

Para Paulo Santana Lopes foi determinada prisão domiciliária. A advogada Maria de Jesus Barbosa fica com Termo de Identidade e Residência. 

A investigação tem dimensão internacional, apresentando ligações com os continentes europeu, africano e americano, revelou uma nota da PGR adiantando que está a ser também investigada a origem de fundos movimentados noutros negócios em que são intervenientes os suspeitos, nomeadamente, a celebração de contratos de fornecimento de bens e serviços, obras públicas e venda de produtos petrolíferos.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.