Lava Jato: Sócio de antigo diretor da Petrobrás detido em Lisboa

Cumprimento de uma carta rogatória

• Foto: Reuters

A Polícia Judiciária (PJ) deteve esta segunda-feira o cidadão brasileiro Raul Schmidt, sócio de um antigo diretor da Petrobrás, no âmbito do cumprimento de uma carta rogatória relacionada com o processo Lava Jato, disse fonte policial.

Segundo fonte da PJ, a detenção de Raul Schmidt ocorreu hoje de manhã, em Lisboa, no âmbito de uma carta rogatória emitida pelas autoridades brasileiras que investigam o caso Lava Jato, relacionado com crimes económicos.

A Operação Lava Jato, investigada pela policia federal brasileira, começou em março de 2014, e é considerada já uma das maiores investigações a atos de corrupção e branqueamento de capitais no Brasil.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.