Covid-19: os concelhos que não avançam, os que estão em alerta e as novas medidas do desconfinamento

Apenas quatro dos 278 municípios de Portugal continental não vão avançar no desconfinamento de 14 de junho.

Apenas quatro dos 278 municípios de Portugal continental não vão avançar no desconfinamento de 14 de junho. Lisboa e Braga são dois dos concelhos que não avançam.

Também Odemira e Vale de Cambra vão permanecer com as regras em vigor desde 1 de maio, anunciou a ministra da Presidência, Mariana Viera da Silva, na conferência após o conselho de ministros desta quarta-feira.

Assim, dos oito municípios que se encontravam em risco de não avançar para esta nova fase de desconfinamento, que permite, por exemplo, o fim do teletrabalho obrigatório e o alargamento dos horários da restauração e do comércio, Golegã, Cantanhede, Castelo de Paiva e Salvaterra de Magos conseguiram uma evolução positiva que lhes permite acompanhar a generalidade do país.

O Governo já havia adiantado que Lisboa e Braga não poderiam avançar para a nova fase de desconfinamento. A estes dois concelhos juntam-se, pois, Odemira, que ainda assim avança das regras de 19 de abril para as de 1 de maio, e Vale de Cambra.

A ministra esclareceu que nenhum concelho apresenta uma incidência superior a 240 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias (ou 480 nos municípios de baixa densidade), pelo que na "próxima quinzena não teremos nenhum concelho a regredir no desconfinamento".

Há, no entanto, 10 municípios em situação de alerta, ou seja, acima do limiar de 120 casos (ou 240 nos territórios de baixa densidade), que poderão, caso continuem na mesma situação em duas avaliações semanais consecutivas não poderão avançar para nova fase do desconfinamento.

Quatro concelhos que não avançam no desconfinamento

Braga; Lisboa; Odemira e Vale de Cambra. Estes concelhos ficam com as regras do dia 1 de maio, isto é, mantém as regras delimitadas até ao momento. Também nestes concelhos, pode manter-se o teletrabalho.

Concelhos em alerta

Albufeira, Alcanena, Arruda dos Vinhos, Cascais, Loulé , Paredes de Coura, Santarém, Sesimbra, Sintra e Sertã.

Novas regras

Restauração para todos os concelhos (exceto os 4 acima mencionados)

O funcionamento da restauração prolonga-se até às 01h00 com a última hora de admissão às 00h00.

Serviços públicos

Os serviços públicos podem ser acedidos sem marcação prévia.

Eventos familiares

Os eventos familiares mantêm-se nos 50%.

Transportes

Os transportes em que é possivel ir de pé, a lotação maxima é de dois terços.

Estratégia de testagem

Passa a ser necessário testar empresas com mais de 150 trabalhadores que partilhem o mesmo espaço de trabalho.

Por Negócios
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.