Mais de 1.300 pessoas retiradas de cruzeiro à deriva na costa norueguesa

Problemas no motor em condições meteorológicas adversas

As autoridades norueguesas iniciaram este sábado a retirada por helicóptero de cerca de 1.300 passageiros de um navio de cruzeiro que se encontra à deriva na costa norueguesa.  
"O navio de cruzeiro Viking Sky lançou um SOS, reportando problemas no motor em condições meteorológicas adversas", disse na rede social Twitter o Southern Relief Center da Noruega. 
Segundo o responsável da operação, Andre Franck, a embarcação só tem um motor ligado e os ventos são fortes.
Cerca das 16:00 locais (14:00 em Lisboa), apenas trinta pessoas tinham sido retiradas pelos três helicópteros enviados para o local.
"Vai levar tempo para retirar todos", disse Franck.
O incidente ocorreu a cerca de 2,5 milhas náuticas da área de Møre og Romsdal (oeste da Noruega), uma região onde os naufrágios são frequentes.
"É perigoso ter problemas de motor nessas águas que escondem muitos recifes", disse.
Outras embarcações estão a caminho da área e foi já montado um local em terra para acomodar os passageiros que vão sendo resgatados.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias