Mais de 80 mortos e 1.300 pessoas desaparecidas em cheias que varreram cidades na Alemanha

Comunidades inteiras ficaram reduzidas a água e lama, completamente destruídas e rios varreram cidades e vilas.

Cheias varreram cidades na Alemanha
Cheias varreram cidades na Alemanha
Cheias varreram cidades na Alemanha
Cheias varreram cidades na Alemanha
Cheias varreram cidades na Alemanha
Cheias varreram cidades na Alemanha
Cheias varreram cidades na Alemanha
Cheias varreram cidades na Alemanha
Cheias varreram cidades na Alemanha
Cheias varreram cidades na Alemanha
Cheias varreram cidades na Alemanha
Cheias varreram cidades na Alemanha
Cheias varreram cidades na Alemanha
Cheias varreram cidades na Alemanha
Cheias varreram cidades na Alemanha

O novo balanço do desastre provocado pelas fortes chuvadas que se fizeram sentir na Alemanha é já trágico. Mais de 80 pessoas (81 de acordo com os dados mais recentes) morreram e há mais de 1.300 desaparecidos no distrito de Ahrweiler, ao sul de Colónia, o que antevê um número de vítimas mortais possivelmente bastante superior. 

As redes de telefones móvel entraram em colapso em algumas das regiões atingidas pelas cheias, o que leva a que as comunicações não sejam possíveis e as famílias não conseguirem localizar entes queridos.

Há comunidades inteiras reduzidas a água e lama, completamente destruídas e rios que varreram cidades e vilas a Renânia do Norte-Vestfália e Renânia-Palatinado.

Na manhã desta sexta-feira, casas colapsaram em Erftstadt, perto de Colónia, e equipas de resgate lutavam para conseguir resgatar vítimas e retirar moradores que insistiam em voltar para suas casas apesar dos avisos, revelou o governo do distrito de Colónia no Facebook.

Uma fuga de gás estava ainda a prejudicar os meios de resgate enquanto tentavam alcançar as pessoas de barco.

O parlamento da Renânia do Norte-Westfalia deverá realizar uma reunião de emergência esta sexta-feira. O ministro do Interior alemão, Horst Seehofer, disse à revista Spiegel que o governo federal visa fornecer apoio financeiro para as regiões afetadas o mais rápido possível, acrescentando que deve ir ao gabinete para aprovação na quarta-feira.

Por Correio da Manhã
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.