Mais de mil mortos confirmados em forte sismo no Afeganistão

Epicentro foi perto da cidade de Khost, a sul da capital, Cabul

Pelo menos mil pessoas morreram e mais de 600 ficaram feridas após um sismo de magnitude 6.1 na escala de Richter ter atingido o Afeganistão na madrugada desta quarta-feira. O epicentro foi perto da cidade de Khost, a sul da capital, Cabul, a uma profundidade de 51 quilómetros.

De acordo com o porta-voz do Talibã Bilal Karimi à NBC News, "centenas de casas desabaram e esperamos pesadas perdas humanas e sérios danos às infraestrutura". O número de vítimas mortais e feridos está ainda a ser avaliado e pode aumentar nas próximas horas.

"Um grave sismo abalou quatro distritos da província de Paktika, matando e ferindo centenas dos nossos compatriotas e destruindo dezenas de casas", escreveu o porta-voz adjunto do governo talibã Bilal Karimi, na rede social Twitter.

"Instamos todas as agências de ajuda humanitária a enviar equipas para a área imediatamente para evitar uma catástrofe", acrescentou.

O tremor foi sentido por cerca de 119 milhões de pessoas no Paquistão, Afeganistão e Índia, disse o Centro Sismológico Europeu nas redes sociais.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias