Marcelo Rebelo de Sousa recandidata-se à Presidência da República: «Sou o mesmo de há cinco anos»

"Não vou sair a meio da caminhada penosa", afirmou

Marcelo Rebelo de Sousa anunciou esta segunda-feira que é candidato nas próximas eleições presidenciais, de 24 de janeiro.

Marcelo começou por pedir desculpa pela "estreiteza" do lugar, um sinal dos tempos. O lugar é a pastelaria Versailles, em Lisboa, junto ao Palácio de Belém. 

"Há muito que defendo que deve haver debates frente a frente com todos os candidatos. E assim farei", anunciou Marcelo Rebelo de Sousa, desejando boa sorte e saudando os outros candiatos à Presidência.

"São três as palavras que tenho para vos dizer: simples e diretas. A primeira palavra é para vos dizer que sou candidato à Presidência da República, porque temos uma pandemia e uma crise para vencer. Temos uma oportunidade de mudar para melhor Portugal. Não vou sair a meio da caminhada penosa. A segunda palavra é para quem me apoiou no primeiro mandato. Agradeço-vos em especial a compreensão e o apoio nos momentos difícies comos os incêndios de 2017 ou a declaração de estado de emergência, em março. A terceira palavra uso-a para vos garantir que quem avança para esta eleição é exatamente o mesmo que concorreu em 2015. Sou exatamente o mesmo."

Prestes a completar 72 anos, no dia 12 de dezembro, Marcelo Rebelo de Sousa foi eleito Presidente da República à primeira volta nas eleições de 24 de janeiro de 2016, com 52% dos votos expressos.

Professor catedrático de direito jubilado, antigo presidente do PSD e comentador político televisivo, assumiu a chefia do Estado em 09 de março de 2016.

Por Sábado
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.