Marco Paulo: «Quando me deram alta parece que os meus olhos explodiam»

Cantor português narra, na primeira pessoa, a experiência de ter vencido um cancro da mama

O cantor português narra, na primeira pessoa, a experiência de ter vencido um cancro da mama cujo diagnóstico não foi precoce nem tardio, mas que se tivesse tardado mais poderia ter sido fatal. E apela à importância da vigilância, não só nas mulheres mas também nos homens. "Apalpem-se, sem vergonha." Leia o artigo completo na 'Máxima'.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.