Mário Centeno anuncia que Eurogrupo está "muito perto de acordo"

O ministro das Finanças anunciou a novidade no twitter

Mário Centeno, Eurogrupo
Mário Centeno, Eurogrupo

Mário Centeno anunciou no Twitter que os ministros das Finanças da União Europeia estão "muito perto de um acordo" sobre o pacote de medidas que vão ser implementadas no âmbito da resposta comunitária aos efeitos que a pandemia do novo coronavírus está a causar na economia europeia.

"Estamos muito perto de um acordo. Confio – e ainda confio – que desta vez vamos todos atingir o objetivo. E mostrar o necessário espírito de compromisso, que é base da nossa União", escreveu o ministro das Finanças português, que lidera o Eurogrupo, antes de nova reunião.

Este potencial acordo surge depois de 16 horas de maratona negocial na terça-feira não terem sido suficientes para alcançar o consenso necessário. Ficou marcado um novo "round" para esta quinta-feira, uma vez mais no formato alargado ao conjunto dos responsáveis pelas Finanças dos 27, e agora o resultado poderá ser diferente.

O bloqueio foi gerado pelo braço de ferro entre a Holanda e Itália, mas foi Haia a inviabilizar um acordo ao rejeitar a possibilidade de acesso a uma linha de crédito caucionada do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE) com leves condicionalismos (políticas de consolidação orçamental).

No entanto, é já praticamente certo que este fundo de resgate do euro será um dos instrumentos a utilizar pela UE enquanto resposta às consequências económicas provocadas pela crise sanitária em curso. O problema passa, nesta fase, por acordar as condicionalidades que os países terão de cumprir para recorrerem a este financiamento.

Os trabalhos ao nível técnico prosseguiram na quarta e já esta quinta-feira, centrados na tentativa de reduzir ao máximo as condições requeridas para aceder àquela linha de crédito que é capaz de providenciar até 2% do PIB de cada país. Objetivo do Eurogrupo passa ainda por conciliar essa premissa com a garantia de que os Estados-membros que recorram a esta linha cumprem depois medidas de consolidação orçamental como exigido pelo bloco de países do Norte liderado pela Holanda.

Por Negócios
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.