Migrantes do Ocean Viking vão desembarcar em Malta

Depois de 14 dias a aguardar nas águas do Mediterrâneo

• Foto: EPA

O Ocean Viking vai poder atracar na ilha de Malta e fazer desembarcar os 356 migrantes a bordo, depois de 14 dias a aguardar nas águas do Mediterrâneo, informou a organização Médicos Sem Fronteiras através da sua página oficial no Twitter, esta sexta-feira. Muitos destes migrantes são jovens vindos do Sudão.

Os Médicos Sem Fronteiras pediram às autoridades maltesas para que seja encontrado um "mecanismo de desembarque" adequado e agradecendo ainda aos países da União Europeia que já se disponibilizaram para recolher alguns dos migrantes abordo. Portugal é um dos seis países que já se disponibilizou, esta quinta-feira, para acolher até 35 migrantes do Ocean Viking.

"Depois de discussões na Comissão Europeia e com alguns estados-membros, como França ou Alemanha, Malta aceitou ser parte da solução para o Ocean Viking", escreveu Joseph Muscat (primeiro-minsitro maltês) no Twitter, pouco depois dos Médicos Sem Fronteiras avançarem com a informação.

"Portugal, França, Alemanha, Roménia e Luxemburgo são os países que manifestaram até agora disponibilidade para receber algumas das pessoas deste grupo, num gesto de solidariedade humanitária e de desejo comum de fornecer soluções europeias para a questão da migração e das tragédias humanas que se verificam no Mediterrâneo", revelaram os ministérios dos Negócios Estrangeiros e da Administração Interna do Governo num comunicado conjunto. Também a Irlanda já afirmou estar disponível para receber migrantes. 

Depois de desembarcarem os 356 migrantes, Malta irá transferir estas pessoas "para embarcações das forças armadas maltesas que as transportarão para terra firme, fora de território maltês. Todos os migrantes serão recolocados noutros estados membros: França, Alemanha, Irlanda, Luxemburgo, Portugal e Roménia". Malta não irá acolher nenhuma destas pessoas. 

Os Médicos sem Fronteiras haviam também informado esta sexta-feira o barco estava a ficar sem mantimentos ou recursos para conseguir aguentar muitos mais dias em mar. Uma grande parte, cerca de uma centena, dos migrantes a bordo têm menos de 18 anos de idade e são originários sobretudo do Sudão. O "Ocean Viking" partiu no dia 4 de agosto do porto de Marselha, França, para a primeira missão no Mediterrâneo.

Por Sábado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0