Ministério Público quer que Jorge Jesus deponha contra Rui Pinto

Treinador do Benfica viu os detalhes do seu contrato com o Sporting revelados pelo Football Leaks mas não apresentou queixa contra o hacker

O Ministério Público incluiu Jorge Jesus, atual treinador do Benfica e antigo treinador do Sporting, na lista de testemunhas da acusação contra Rui Pinto. Além de Jesus, o MP quer ainda que mais duas testemunhas, Paulo Nunes e Filipe Çelikkaya, técnicos da formação, deponham contra o hacker, indica o jornal Público

Rui Pinto acedeu aos emails das três testemunhas e os detalhes do contrato de Jorge Jesus foram revelados pelo Football Leaks. Jesus não apresentou queixa contra o hacker.

Por Sábado
51
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.