Ministra da Saúde pediu desculpa aos enfermeiros

Marta Temido telefonou à Bastonária da Ordem dos Enfermeiros

A ministra da Saúde, Marta Temido, pediu desculpas à Bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, por ter quase comparado os enfermeiros a criminosos. Numa entrevista ao Diário de Notícias, a nova titular da pasta da Saúde recusou negociar com os enfermeiros durante a greve, argumentando que se isso acontecesse seria como "privilegiar o criminoso, o infractor".

Esta segunda-feira, em comunicado, a Ordem dos Enfermeiros, adiantou que "num telefonema realizado esta segunda-feira, a senhora ministra pediu à Bastonária que aceitasse as suas desculpas e as transmitisse a todos os Enfermeiros, garantindo que o uso da expressão à resposta aos jornalistas não teve intenção de ofender os Enfermeiros".

Na nota, o sector dos enfermeiros acrescenta ainda que Marta Temido demonstrou "vontade de dialogar e chegar a acordo" com Ana Rita Cavaco e a Ordem dos Enfermeiros. As duas partes irão encontrar-se esta quarta-feira, dia 19 de Dezembro, para tentar "viabilizar um acordo entre os Sindicatos e o Governo".

A Ordem dos Enfermeiros refere estar "ao lado das pessoas", "sobretudo num momento particularmente difícil para a Saúde e para a Enfermagem", fazendo referência ao desaparecimento de uma equipa do INEM em Valongo, este sábado.

Autor: Sábado

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0