Morreu o humorista brasileiro Jô Soares

Apresentador tinha 84 anos

O apresentador e humorista brasileiro Jô Soares morreu esta sexta-feira, aos 84 anos. A informação foi confirmada pela ex-mulher, Flavia Pedras, nas redes sociais.

"Faleceu há alguns minutos o ator, humorista, diretor e escritor Jô Soares. Deixou-nos no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, cercado de amor e cuidados", escreveu Flavia Pedras.

"O funeral será apenas para família e amigos próximos. Assim, aqueles que através dos seus mais de 60 anos de carreira se tenham divertido com os seus personagens, repetido os seus bordões, sorrido com a inteligência afiada deste vocacionado comediante, celebrem, façam um brinde à sua vida. A vida de um tipo apaixonado pelo país onde nasceu e escolheu viver, para tentar transformá-lo, através do riso, num lugar melhor", acrescentou na mesma publicação a ex-mulher.

José Eugénio Soares, conhecido por Jô Soares, nasceu a 17 de janeiro de 1938, no Rio de Janeiro. Estreou-se no cinema e na televisão no final dos anos de 1950, como argumentista e ator, nomeadamente no Grande Teatro da TV-Tupi, atingindo sucesso maior cerca de dez anos depois quando chegou à TV Globo com o programa "Faça Humor Não Faça Guerra", de que era ator e autor.

Portugal descobriu o autor de "O Xangô de Baker Street" em 1981, quando a RTP passou a transmitir o seu programa de humor "Viva o Gordo!".

Na última publicação na sua página oficial na rede Twitter, datada de quinta-feira, Jô Soares escreveu: "Não é necessário mostrar beleza aos cegos, nem dizer verdade aos surdos. Mas não minta para quem te escuta e nem decepcione os olhos de quem te admira."



Por Record
8
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias