Mortes de peões aumentaram 32% nos primeiros nove meses de 2018

dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária

Registou-se um aumento de 32% no número de mortes de peões, nos primeiros meses de 2018. Até Setembro tinham já morrido 75 pessoas, enquanto no período homólogo de 2017 eram apenas 57. O maior aumento foi no escalão etário entre os 50 e os 59 anos. Dos 18 óbitos extraordinários, 16 foram em pessoas deste escalão.

Os dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) mostram ainda que 504 pessoas morreram nas estradas portuguesas até Setembro. O objectivo definido para 2018 no Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária (PENSE 20) era de se registarem "apenas" 507 mortes nas estradas portuguesas. 

Estes novos dados, citados pelo jornal Expresso, mostram que, pelo segundo ano consecutivo, o país irá falhar as metas de mortalidade nas estradas definidas no PENSE 20, já que as operações de Natal e Ano Novo já registaram dezenas de vítimas mortais nas estradas nacionais. 

Há no entanto dados positivos a ressalvar este ano, como a redução de 20% de óbitos com motociclos, em relação a 2017.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0