Operação São Cristóvão: Forças Armadas prepararam possíveis motins de motoristas

Para prevenir possíveis "distúrbios civis, sabotagem e acidentes de trânsito"

• Foto: André Guerreiro

Sob o nome do santo padroeiro dos motoristas, as Forças Armadas desencadearam uma operação para prevenir possíveis "distúrbios civis, sabotagem e acidentes de trânsito" relacionados com a greve de motoristas de matérias perigosas. De acordo com o Diário de Notícias, a Operação São Cristóvão foi acionada na sequência da requisição civil decretada pelo Governo na terça-feira.

A diretiva, assinada pelo chefe de Estado-Maior  das Forças Armadas, o almirante Mendes Calado, indica que, no caso de confrontos com motoristas, "militares devem adotar uma atitude firme e cordial (…), reduzindo ao mínimo a interação com os grevistas e com a população que os possa interpelar, deixando esse papel para as forças policiais".

Na Operação São Cristóvão, 120 militares, distribuídos por 60 equipas de dois elementos, foram colocados para conduzir camiões de matérias perigosas durante a greve. A decisão veio no seguimento da portaria publicada na noite desta segunda-feira em Diário da República, que referia que as Forças Armadas podiam substituir "parcial ou totalmente" os motoristas em greve e que a sua intervenção abrangia operações de carga e descarga de veículos-cisterna de combustíveis líquidos, GPL e gás natural.

Apesar das Forças Armadas não terem autoridade em território nacional, cabendo esta tarefa às forças policiais, militares foram instruídos a reduzir ao mínimo o contacto com civis, havendo até uma forma de atuar perante jornalistas.

Instruções do chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas indicam, no entanto, que "se não puder ser evitada" a pressão mediática, existiria uma resposta genérica a dar por parte dos operacionais: "Estamos a cumprir uma missão que foi determinada. A missão da equipa consiste em conduzir uma viatura civil de transporte de bens essenciais. Peço que coloquem todas as questões ao porta-voz do EMGFA."

Por Sábado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias