Património imobiliário acima de dois milhões vai pagar mais imposto

O Governo aceitou as propostas do Bloco de Esquerda e PCP para criar um novo escalão no Adicional do IMI

O PCP e o Bloco de Esquerda chegaram a acordo com o Governo para criar no próximo ano uma nova taxa de 1,5% sobre o património imobiliário detido por pessoas singulares, com valor global acima dos dois milhões de euros. Os dois partidos decidiram aproximar as suas propostas de alteração que tinham algumas diferenças: enquanto o PCP defendia a criação de uma nova taxa de 1,5% para património imobiliário acima dos 1,5 milhões de euros, o Bloco queria uma taxa de 2% para imóveis com valor patrimonial tributário acima dos 2 milhões de euros, avança o 'Jornal de Negócios'.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias