Polícia belga detém pelo menos 10 suspeitos de terrorismo

Operações decorreram maioritariamente na região de Bruxelas

• Foto: Reuters

A polícia belga deteve, na madrugada deste sábado, no quadro de uma operação antiterrorista, pelo menos 10 suspeitos de quererem cometer um ou vários atentados na Bélgica, indicou a cadeia de televisão Rtbf.

As operações decorreram maioritariamente na região de Bruxelas, mas também nas regiões da Valónia e da Flandres, indicam as agências internacionais, com a espanhola EFE a falar de 10 detidos e a francesa AFP a indicar 12 na sequência de 40 ações da polícia.

A procuradoria belga já confirmou as operações que, ao que tudo indica, não estão relacionadas com o facto de quatro ministros do executivo de Bruxelas terem sido postos sob vigilância reforçada, após terem surgido ameaças de morte.

"Várias dezenas de operações foram realizadas na noite de sexta-feira para sábado em 16 comunas de Bélgica, no quadro de um dossiê de terrorismo que necessitava de uma intervenção imediata, e 12 pessoas foram privadas da liberdade", indicou a procuradoria belga, salientando que as ações decorreram "sem incidentes e que não foram encontradas armas nem explosivos".

Paralelamente, a procuradoria federal indicou a detenção de um novo suspeito relacionado com os atentados de Bruxelas que, em princípio, também nada tem a ver com as operações da madrugada de hoje.

As detenções ocorrem depois de, nos últimos dias, a imprensa belga ter divulgado uma nota interna da polícia, que alertava os agentes para o "risco iminente" de um atentado no país.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.