Portugal é o terceiro país da UE com eletricidade e gás mais caros

Suécia e na Irlanda com preços superiores aos praticados em Portugal

• Foto: DR

Há muito que se diz que os preços da electricidade e do gás em Portugal são elevados e o Eurostat vem agora corroborar essa ideia, com o país a estar entre os três países da União Europeia com preços mais altos.

De acordo com os dados divulgados esta terça-feira pelo gabinete estatístico da União Europeia, a electricidade e o gás pagos em 2017 pelos consumidores portugueses são os terceiros mais caros do espaço comunitário.


Os dados agora conhecidos permitem, pela primeira vez, realizar uma comparação directa dos preços da electricidade e do gás natural entre todos os países da UE. Na sequência de uma nova directiva europeia sobre regulação, o Eurostat pode agora "calcular o preço médio ponderado" reflectido no consumo das famílias, explica o gabinete estatístico.

Desta forma, no ano passado apenas a Bélgica e a Dinamarca apresentaram preços de electricidade superiores à factura paga pelas famílias portuguesas. No que diz respeito ao preço do gás natural, apenas na Suécia e na Irlanda foram registados preços superiores aos praticados em Portugal.

Entre os 24 Estados-membros que apresentaram dados, o preço da electricidade por kilowatt-hora variou entre o mínimo de 10 cêntimos na Bulgária e o máximo de 28 cêntimos da Bélgica. Já o preço kilowatt-hora relativo ao gás natural variou no ano passado entre 3 cêntimos na Roménia e 12 cêntimos na Suécia.   

O Eurostat explica que os preços da electricidade e do gás natural podem variar de acordo com um conjunto alargado de factores tais como os níveis de procura e oferta a um dado momento que, por sua vez, podem ser influenciados pela situação geopolítica, o padrão energético ao nível nacional, condições climatéricas ou ainda os custos de transporte.

Autor: Negócios

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.