Portugal regista 238 novos casos e mais duas mortes por covid-19

Quase 9 mil recuperados em julho

Direção Geral da Saúde atualizou boletim epidemológico
Direção Geral da Saúde atualizou boletim epidemológico

O número de vítimas mortais em Portugal devido ao novo coronavírus aumentou para 1.737, mais dois óbitos face a ontem, quando estavam contabilizados 1.735, anunciou a Direção Geral de Saúde (DGS) este sábado, 1 de agosto.

O número de óbitos é inferior ao anunciado ontem (8) e à média dos últimos sete dias (3).

O número de infetados (casos confirmados) aumentou 0,47%, para 51.310, o que representa 238 novos casos em 24 horas. Ontem tinha sido anunciado um aumento de 0,40% para 51.072.

A taxa de crescimento do número de infetados subiu (0,47% contra 0,40% ontem). Em termos absolutos o número de novos casos compara com a média diária dos últimos sete dias de 194, o valor mais baixo desde 15 de maio.

Quase nove mil doentes recuperados em julho

Na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) registaram-se 164 novos casos (contra 128 ontem), o que representa 69% do total de novos casos no país. Um dos dois novos óbitos foi registado em LVT.

Tendo em conta o número de infetados e de vítimas mortais, a taxa de letalidade é de 3,39%, inferior à de ontem (3,40%) e o valor mais baixo desde 16 de abril e que compara com o pico de 4,37% registado no início de junho.

No que diz respeito aos doentes recuperados, existem agora 36.783 casos, mais 300 do que o reportado ontem (36.483). Em julho, foram dados como recuperados 8.985 pacientes, dos quais 1.673 nos últimos sete dias, com uma média diária de cerca de 290 recuperados ao longo do mês de julho.

Doentes nos cuidados intensivos em mínimo desde 21 de março

Os dados da Direção-Geral de Saúde (DGS) indicam que dos mais de 51 mil casos confirmados, 375 estão internados em hospitais, menos seis do que véspera (381) e que correspondem a 2,93% dos casos ativos e são o menor número desde 8 de junho.


No que diz respeito aos doentes internados nas Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), registam-se 40 pacientes, menos um do que na véspera, que representam 0,31% dos casos ativos e o menor número desde 21 de março.


O número de casos ativos baixou em 64 para 12.790, o que representa 24,93% do total de casos confirmados, a percentagem mais baixa desde o início da pandemia, e o número mais baixo desde 27 de junho.

Segundo o boletim diário da DGS, há 828 mortos no Norte, 605 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 252 no Centro e 22 no Alentejo. Os Açores registam 15 óbitos, o Algarve tem 15 falecidos e a Madeira continua sem vítimas mortais a lamentar.

Por Negócios
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0