Português entre as 66 pessoas a bordo do avião desaparecido da EgyptAir

Decorrem operações de busca no Mediterrâneo

• Foto: Reuters
Um cidadão português seguia no avião desaparecido esta quinta-feira da EgyptAir com 66 pessoas a bordo, revelou a transportadora.

Contactado pela agência Lusa, o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, disse que ainda não tem informação sobre a existência de um português a bordo do avião desaparecido no espaço aéreo egípcio.

José Luís Carneiro adiantou que "já estão a ser feitos contactos ao nível consular", remetendo para mais tarde "qualquer informação que possa surgir".

A maioria dos passageiros e tripulação eram egípcios (30) e franceses (15).

No avião, que voava de Paris para o Cairo, viajavam também dois iraquianos, um britânico, um belga, um kuwaitiano, um saudita, um sudanês, um chadiano, um argelino e um canadiano.

O MS804 desapareceu dos radares depois de entrar dentro do espaço aéreo egípcio, segundo a companhia aérea.

O voo partiu do aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, às 23h09 de quarta-feira, hora local, e devia chegar ao aeroporto internacional do Cairo na madrugada de hoje.

Neste momento decorrem operações de busca no Mediterrâneo, envolvendo as Forças Armadas egípcias e meios da Grécia.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Ministro Eduardo Cabrita demite-se

Decisão surge depois do Ministério Público acusar o motorista do ministro de homicídio negligente no acidente que matou um homem na A6

Notícias