Preços das portagens devem manter-se inalterados em 2020

Concessionárias de autoestradas têm de entregar ao Governo proposta para a revisão dos valores até 15 de novembro

Os preços das portagens nas autoestradas portuguesas não deverão sofrer alterações a 1 de janeiro de 2020, tendo em conta que, segundo a estimativa rápida divulgado esta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística, o índice de preços ao consumidor (IPC) de outubro, excluindo habitação, é de -0,10%.

A taxa de inflação homóloga de outubro, sem habitação, que terá ainda de ser confirmada pelo INE em meados de novembro, é o indicador que serve de referência à atualização anual das taxas de portagens. 

Por lei, as concessionárias de autoestradas têm de entregar ao Governo até 15 de novembro a sua proposta para a revisão das portagens para entrar em vigor a 1 de janeiro, sendo que mesmo que o IPC seja negativo não está prevista a possibilidade de descida nos preços. 

Em 2016, as taxas de portagem tiveram uma atualização de 0,62%, em 2017 de 0,84%, em 2018 de 1,42% e em 2019 de 0,88%. Em 2015, também pelo facto de o indicador que serve de referência à atualização ter sido negativo, as taxas de portagem também ficaram inalteradas.

Por Negócios
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias