Primeiro-ministro da Etiópia vence Nobel da Paz

Abiy Ahmed diz sentir-se humilde e entusiasmado

Abiy Ahmed, 43 anos, primeiro-ministro da Etiópia, ganhou esta sexta-feira o prémio Nobel da Paz, anunciou a academia sueca. Os "esforços para alcançar a paz e a cooperação internacional", "em particular a iniciativa decisiva para resolver o conflito fronteiriço com a vizinha Eritreia", foram as razões invocadas para a atribuição do Nobel ao governante que sabe tanto de guerra como de paz.

O político já reagiu ao Nobel: "Sinto-me muito humilde e entusiasmado… Muito obrigado. É um prémio dado a África, dado à Etiópia, e posso imaginar como o resto dos líderes africanos o vão encarar positivamente para trabalhar no processo de construção da paz no nosso continente."

"Estou tão feliz e tão entusiasmado com esta novidade… muito obrigado, é um grande reconhecimento", disse.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.