Pugilista russo que matou urso vai ser alvo de uma investigação

Autoridades suspeitam que não estaria no local a pescar, mas sim a caçar

• Foto: Reuters
O pugilista Ilya Medvedev vai ser investigado pelas autoridades russas, depois de ter matado um urso pardo à facada. O animal terá atacado o acampamento onde o atleta se encontrava com alguns amigos a pescar na região da Sibéria e um homem de 48 anos acabou por morrer às mãos da fera. Medvedev, de 23 anos, foi hospitalizado com ferimentos graves e esteve, inclusivamente, em coma.

Só que, segundo o site 'putniknews.com', a polícia e o departamento de proteção da natureza locais decidiram abrir uma investigação, pois suspeitam que o grupo não se encontrava no local a pescar, mas sim a caçar. Foram encontrados no local cartuchos de espingarda e sangue no covil do animal.

"O urso encontra-se no seu habitat natural e não tem culpa que o seu covil se encontre ali. Os únicos culpados são os humanos. As consequências são tristes", explicou Aleksandr Chusovliánov, ex-diretor
do departamento de proteção natural, suspeitando que, depois de receber um tiro, o animal defendido.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias