Rainha aprova suspensão do parlamento britânico pedida por Boris Johnson

Isabel II aprovou o pedido feito pelo primeiro-ministro Boris Johnson

• Foto: Reuters

A rainha Isabel II aprovou esta quarta-feira o pedido feito pelo primeiro-minsitro Boris Johnson para suspender temporariamente o parlamento britânico.

O governo britânico de Boris Johnson havia anunciado esta manhã que os trabalhos do parlamento iam ser suspensos até 14 de outubro, duas semanas antes da data prevista para a saída do Reino Unido da União Europeia a 31 de outubro. "Os deputados terão muito tempo para debater", disse Johnson numa declaração transmitida pela estação de televisão Sky. 

A notícia do plano de Boris Johsnon foi avançada pela editora de política do jornal The Guardian, Heather Stewart, no Twitter. A decisão está a ser criticada pela oposição, porque leva a que não haja muito tempo para aprovar leis que impeçam um Brexit sem acordo, como Johnson garante que fará caso não seja alterado o acordo entre Londres e a União Europeia. 

Por norma, o parlamento britânico está parado cerca de três semanas - entre o final de setembro e o início de outobro-, aproveitando os partidos políticos para realizar os seus congressos anuais.

Por Sábado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias