Reino Unido com mais de 22 mil novos casos, máximo desde final de janeiro

Máximo desde final de janeiro

As autoridades de saúde britânicas registaram 22.868 novos contágios pelo SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, o que representa o valor mais elevado desde 30 de janeiro, de acordo com os dados divulgados esta segunda-feira.

Apesar da elevada percentagem da população já vacinada, ou pelo menos com uma dose tomada, a pandemia está novamente a ganhar força no Reino Unido, numa altura em que Portugal já impôs uma quarentena a viajantes procedentes de solo britânico a menos que tenham a vacinação completa há mais de 14 dias.

O Governo alemão, por seu turno, pretende que a União Europeia (UE) vede a entrada de cidadãos britânicos, independentemente de terem ou não a vacinação, num esforço de travar a variante Delta do coronavírus.

Com os números hoje reportados, o Reino Unido soma mais de 4,75 milhões de infetados desde o início da pandemia. Pela positiva, o número de óbitos continua em valores reduzidos, tendo sido registadas três mortes associadas à doença no domingo.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, manifestou, no entanto, a convicção de que será possível levantar as restrições no país a 19 de julho.




Por Negócios
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.