Renda pesa 21,1% do rendimento dos portugueses

Valor abaixo da média europeia

Os portugueses não são dos que mais gastam do seu rendimento em renda da casa. Nesse indicador, Portugal está, na realidade, abaixo da média europeia, segundo os dados do Eurostat divulgados esta sexta-feira, 2 de Novembro. 

Na União Europeia quase um quarto (23,8%) do rendimento mensal é dedicado à renda da casa. Mas entre os Estados-membros há realidades muito diferentes.

Espanha é onde essa percentagem é maior com 32,1% do rendimento a ir para a renda enquanto Malta regista a percentagem mais baixa com 7,6%. 

Portugal está abaixo da média europeia. Os portugueses gastaram, em média, 21,1% do seu rendimento na renda da casa em 2017. Ou seja, por cada 1.000 euros de rendimento foram gastos, em média, cerca de 211 euros em renda da casa.

A percentagem diminuiu face a 2016 (22,6%) e ao pico de 2015 (23,1%). O valor mais baixo registado em Portugal, segundo a base de dados do Eurostat, foi 14,5% em 2008. 

Os dados do Eurostat não permitem perceber o porquê desta diminuição. Os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) mostram como as rendas têm vindo a aumentar nos últimos anos. Por outro lado, os salários têm estado a subir, mas ainda de forma gradual.

Autor: Negócios

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.